quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Assexualidade o que é isso?







Bons momentos para todos!

O tema é bastante interessante e muito raro de se encontrar nos meios de comunicação entre discussões, reportagens, matérias faladas, escritas ou mesmo em debates em programas de mesa redonda ou em entrevistas importantes.  Quase não se encontra, porque simplesmente não há interesse neste assunto, pois o interesse maior é justamente na sexualidade a flor da pele, hormonal, em fase de crescimento, erótico e nos tesões da vida a fora. Nada contra o sexo é bonito entre os amantes que se amam e compartilham do desejo. Mas, não podemos ignorar a outra metade da maçã, os que simplesmente não se interessam por sexo e vivem muito bem. Não estou falando dos puritanos, dos celibatos, dos castos ou semelhantes. Estou falando dos que simplesmente não encontram no sexo um prazer aflorado, ardente, difícil de ficar sem e que são denominados assexuados. Esses não são doentes, diferentes ou deficientes e sim tranquilos. Não são frígidos, mortos ou insensíveis e sim, têm sensibilidade, romantismo e companheirismo.

Não se interessar por sexo não faz do indivíduo um doente. É fato que é preciso diferenciar os traumas que comprometem a sexualidade, porque dessa forma a aversão ao sexo é sofrida causando depressão, ansiedade e crises sérias. Neste caso, é necessário tratamento com acompanhamento médico e terapêutico. Não estou querendo entrar nesta questão aqui.

O assunto me interessa muito por que eu me descobrir assim, assexuada.
Quem acompanha meu blog sabe que já tive relacionamentos, tenho duas filhas e um neto. Já tive uma vida sexual “normal”. Não tão ativa, pois sempre fui desinteressada pelo sexo e por conta disso, ou não, fui traída acabando por me separar. Muitas vezes pensei que era “frígida” sei lá! Com o tempo percebi que não, apenas não gostava do sexo e confesso que me sentia na época um pouco preocupada com as opiniões alheias, pois não compreendia o que se passava comigo. 

Até hoje ouço de alguns amigos mais íntimos comentários irônicos sobre a minha opção. Por um tempo também me preocupei em poder ser homossexual, mas nunca tive interesse ao mesmo sexo. Simplesmente não tenho interesse por sexo. Estou sozinha há 16 anos, desde quando me separei do pai da minha filha mais nova. Até ensaiei um relacionamento, mas percebi que não daria certo justamente por causa do sexo. Desde então estou só. Não porque quero, mas pensava que nunca encontraria alguém que pudesse se interessar por outra pessoa independente do sexo. Sei que existem casais que abdicam do sexo por problemas de saúde ou outros motivos e continuam juntos por cumplicidade, amor, companheirismo, mas que já estavam juntos. Nunca tinha ouvido falar em relacionamentos que se começavam sem a prática do sexo.

Gostaria até de ter um companheiro, amigo, cúmplice e trocar carinho, romance estas coisas que todos gostamos. O sexo até poderia aflorar daí, quem sabe? Só sei que não tenho desejo sexual e isso não me incomoda.
Fico feliz em saber que não sou a única, pois com a maravilha da internet podemos ampliar nosso horizonte de descobertas e ver que muitas pessoas mundo a fora pensam, sentem e se comportam como a gente.



Uns não gostam de beber, outros não gostam de fumar, outros não gostam de comer carne, outros preferem o dia e outros preferem a noite. Por que alguns não podem simplesmente não gostar de sexo?
Não me sinto um ser estranho dentro do universo humano. Sou assexuada com muito prazer e literalmente não me interesso por nada que diz respeito a sexo e isso não me preocupa e não me deixa menos carinhosa e romântica.

Poder dividir com as pessoas uma opção de vida sem receio é muito bom, pois ser transparente e livre de preocupações a respeito do que possam pensar, nos deixa tranquilos e nos faz autênticos dentro de nossos desejos e escolhas. Sinto-me feliz por isso.

Paz e muito amor para todos. Valéria Ribeiro.

Para saber mais a respeito.
Acessem:

Um comentário:

Anônimo disse...

Vc com certeza tem problemas hormonais. Vc toma antidepressivos? Os antidepressivos baixam a libido.Assexualidade não existe.
Um abraço